Home Eventos Eventos Culturais

Eventos Culturais

Gwaza Muthini

As celebrações do Gwaza Muthini

A celebração desta data não é de todo original do Estado Moçambicano. Um ano após a batalha de Marracuene, em 1896, as autoridades coloniais portuguesas celebraram o Gwaza Muthini em memória dos soldados portugueses tombados na vitoriosa batalha. E durante essas celebrações os povos submetidos, diziam "BAYETEE" em sinal de total submissão ao colonialista.

Aquando da independência, houve apenas três celebrações, nomeadamente em 1974, 1975 e 1976. Em 1976 foi o ano em que marcaram o fim das celebrações de Gwaza Muthini, uma vez que o então Estado Socialista Moçambicano achou que 3 de Fevereiro era a data em que se comemorava toda heroicidade moçambicana e Gwaza também podia caber no 03 de Fevereiro.

Mas por iniciativa de António Yok Chan, um dos leais filhos da terra apoiado pelo Governo as comemorações de Gwaza Muthini foram reactivadas no dia 2 de Fevereiro em 1994. Portanto, o que muda desde 1974 aos nossos dias é o enfoque da heroicidade. Enquanto durante todo o tempo colonial OS heróis eram os portugueses tombados na batalha e os moçambicanos diziam 'BAYETEE', desde 1974 os heróis eram os Moçambicanos tombados na batalha. E Gwaza, passaria para o símbolo da heroicidade contra a ocupação efectiva do sul de Moçambique.

Relevo

A disposição do relevo Moça...